• darkblurbg
    Instituto Mônica Viana
    Gastro • Hepatologia • Fibroscan
  • darkblurbg
    Instituto Mônica Viana
    Gastro • Hepatologia • Fibroscan
  • darkblurbg
    Instituto Mônica Viana
    Gastro • Hepatologia • Fibroscan
  • darkblurbg
    Instituto Mônica Viana
    Gastro • Hepatologia • Fibroscan

Destaques

O Instituto

O Instituto Mônica Viana está situado na Avenida Ibirapuera, uma das avenidas mais movimentadas e conhecidas de São Paulo. O Instituto atende consultas eletivas, de urgência e realiza ainda avaliações clínico-laboratoriais.

Dra. Mônica Viana

Coordenadora do Grupo de Fígado Do Serviço de Gastroenterologia do Hospital do Servidor de Hospital Público Estadual de São Paulo. Mestre em Gastroenterologia pelo Instituto de Assistência Médica do Servidor Público Estadual de São Paulo.

Fibroscan

Realizado em consultório médico, não invasivo, indolor e que substitui em muitos casos a biópsia do fígado. Tem duração de cerca de 5 a 10 minutos. Este método diagnóstico já está difundido há alguns anos…

Culinária & Saúde

Confira aqui a as melhores receitas selecionadas pela Dra. Mônica Viana para manter uma alimentação balanceada e uma vida saudável.

Profissionais

Marque sua consulta

Últimas Notícias

  • Entrevista da Dra Mônica Viana fala sobre hepatite no site Atmosfera

    Quando o nosso corpo dá sinais de que algo não vai bem, é melhor prestar atenção. Dores, mal-estar e febre, tudo isso nos incomoda, mas também nos alerta e nos leva a investigar o que está acontecendo. Entretanto, existem situações em que não somos avisadas de que algo não vai bem, e “deixamos a vida nos levar”, enquanto o estrago é feito. É o caso da maioria das hepatites virais.

  • Entrevista da Dra. Mônica Viana para o UOL – 03/01/2014

    Já faz parte da crença popular culpar o fígado pelos sintomas de embriaguez ou ressaca, quando na verdade isso se deve mais aos efeitos do álcool sobre o cérebro e o restante do aparelho digestivo.

Entrevistas


"Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo… Morre lentamente quem se torna escravo do hábito,repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não arrisca vestir uma nova cor, quem não conversa com quem não conhece… Morre lentamente quem não vira a mesa quando esta infeliz com seu trabalho ou amor, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não permite, pelo menos uma vez na vida, fungir dos conselhos sensatos…"

Pablo Neruda